QUEM SOMOS

Justiceiros

 

A) 

ESTATUTO SOCIAL

FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES MOTOCICLÍSTICAS

DO RIO GRANDE DO NORTE

(FAM/RN)

Devidamente aprovado em Assembléia na data de 10 de março de 2012

ARTIGO I –        DA DENOMINAÇÃO, DURAÇÃO, FINALIDADES E SEDE:

A Associação reger-se-á pela Lei 6.015/73 , Art. 217 do Inciso IV da Constituição Federal, Lei nº 9.615 – DE 24 DE MARÇO DE 1998 – DOU DE 25/3/98 a Lei Pelé, e Lei nº 10.672, DE 15 DE MAIO DE 2003 – DOU DE 16/05/2003; pelo presente estatuto, e pelas Resoluções emanadas do Conselho Diretor e pelas disposições aplicáveis do Conselho Nacional de Desportos.

Pelos presentes estatutos sociais, fica criada uma associação civil, que girará com a denominação de FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES MOTOCICLÍSTICAS DO RIO GRANDE DO NORTE, FAM-RN sem fins econômicos, cuja duração é indeterminada, com a finalidade de representar todas as associações de motociclistas, clubes de motociclistas, a ela filiados, perante particulares e os poderes públicos constituídos, visando defender seus interesses, judicialmente ou não; prestar assessoria na constituição de novas associações de motociclistas a serem filiadas, bem como auxiliar, se solicitada, a resolver problemas internos de postura, ética, conduta ou disciplina dos associados dos seus filiados; buscar a conciliação e fraternidade entre os motociclistas e as associações filiadas ou não; zelar pelo bom nome do motociclista, do motociclismo e das Associações e Motoclubes  filiados; promover cursos, angariar convênios, promover palestras e reuniões, destinadas ao engrandecimento dos clubes de motociclistas, bem como avaliar, apoiar e realizar eventos motociclísticos; e promover viagens com  motocicletas, no Brasil ou no Exterior; incentivar, entre os seus filiados, atividades destinadas à filantropia e de ajuda a pessoas carentes ou doentes, manter cadastro das denominações e logomarcas utilizadas pelos clubes de motociclistas do Brasil, destinados a consulta de terceiros, estabelecer convênios e parcerias benéficas aos Associados.

Parágrafo Primeiro: A FAM-RN terá sua sede no município de Natal, Foro da comarca de Natal, no Estado do Rio Grande do Norte, podendo definir o local da Sede e abrir escritórios em outros Municípios e Estados da Federação, mediante aprovação destes locais por Assembléia Geral.

Parágrafo Segundo: os recursos para manutenção da FAM-RN originar-se-ão de mensalidades das Filiadas, conforme o seu numero de sócios, pró-rata; jóias de filiação, doações, repasses e subvenções de qualquer natureza, receitas patrimoniais e eventuais, emolumentos e taxas de confecção de brasões, emblemas, diplomas e certificados.

ARTIGO II –        DOS ÓRGÃOS DE ADMINISTRAÇÃO:

São órgãos de administração da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte:

1)        A Assembleia Geral;

2)        O Conselho Diretor

3)        O Conselho Fiscal

4)        O Conselho de Ética

Parágrafo Único:   Não haverá remuneração ou honorário, tampouco distribuição de gratificações ou qualquer bonificação financeira para o exercício de quaisquer cargos dos órgãos da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, assim como é vedado a quaisquer membros da Diretoria ou dos Conselhos, utilizar-se de seus cargos para angariar clientes, para si ou para outrem.

ARTIGO III –       DAS ASSEMBLEIAS:

A Assembleia Geral será constituída, por um integrante de cada associação ou clube de motociclistas devidamente filiado e quite com suas obrigações, devidamente indicado por seus respectivos Estatutos Sociais ou suas respectivas diretorias, conforme o caso, e que estejam em gozo de seus direitos sociais.

Parágrafo Único:   Caberá á Assembleia Geral:

1)    No Ato de Fundação da FAM eleger o primeiro conselho diretor por um único período inicial de 06 (seis) meses após o qual deverá realizar nova eleição; e a cada 2 (dois) anos para eleger os membros do Conselho Diretor, e, os membros do Conselho Fiscal a cada 03 (três) anos; mediante convocação prévia de qualquer membro da Diretoria ou do Conselho Fiscal da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte;

2)    Eleger e destituir, total ou parcialmente os integrantes do Conselho Diretor e/ou Fiscal, decidir sobre a extinção da Associação, bem como para quais instituições filantrópicas, serão destinados os patrimônios da Federação, observando o que mais dispuser o presente estatuto; nos termos da Lei 6015/73  e Arts. 46, 54 e 120 do CC/2002.

3)    Ocorrendo vacância de 2/3 do Conselho Diretor ou do Conselho Fiscal, os Diretores remanescentes deverão convocar a Assembléia Extraordinária para Eleição e preenchimento dos cargos vagos.

4)    Em Assembleia Geral Extraordinária, aprovar quaisquer alterações destes estatutos, que lhe forem propostas pela Diretoria, observado o quorum mínimo 2/3(dois terços) dos filiados, exceto alterar o modelo/órgãos de administração,

5)    Aprovar as contas de gestão e julgar as infrações aos  presentes estatutos;

ARTIGO IV –      DA INSTALAÇÃO DA ASSEMBLEIA:

A Assembleia Geral será instalada pelo Secretário Geral, quando presente pelo menos a metade mais 1 (um) de seus filiados, em primeira convocação, em segunda convocação com os filiados presentes em qualquer número.

Parágrafo Primeiro – Nas Assembléias Gerais em que forem julgadas as contas de gestão ou que tiver interesse direto o Conselho Diretor da Federação, para a decisão quanto a aprovação desses itens, a Assembléia Geral deverá ser presidida por um representante legal de uma filiada, indicado pela própria Assembléia Geral, o qual não perderá o direito de voto;

Parágrafo Segundo – Haverá uma tolerância de ½ meia hora entre a primeira e a segunda convocação, sendo que a Assembléia Geral será instalada em segunda convocação com qualquer número de membros filiados presentes.

Parágrafo Terceiro – As Assembléias Gerais serão realizadas:

1) Ordinariamente na 1ª quinzena do mês de março de cada ano, para deliberar sobre assuntos de interesse geral e na mesma época a cada 2 (dois) anos, para eleição dos membros da Diretoria e a cada 03 (três) anos os membros do Conselho Fiscal;

2) Extraordinariamente, em qualquer tempo, sempre que julgar necessário o Conselho Diretor, da Federação das Associações Motociclísticas, o Conselho Fiscal, ou 1/5 (Um quinto) das Filiadas  contribuintes;

Parágrafo Quarto – A convocação para as Assembléias Gerais serão feita pelo Conselho Diretor, por meio de correio eletrônico quando a associada filiada o possuir, telefone, ou por transmissão via fax, sendo necessário em qualquer hipótese, a afixação de edital, na sede da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, com prazo não inferior a 15 (quinze) dias.

Parágrafo Quinto – As Assembleias Gerais serão, sempre, presididas pelo Secretário Geral da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, o qual poderá intervir nos debates, cabendo a ele, nos casos de empate, o voto Minerva, sendo expressamente vedada, na referidas Assembléias Gerais, a discussão e deliberação sobre assuntos estranhos á convocação.

Parágrafo Sexto – Do Quorum:

Em 1ª (Primeira) convocação, o quorum mínimo para funcionamento da Assembléia Geral, será de maioria simples de seus membros filiados.

Em 2ª (Segunda) convocação, sempre 0h30m depois da primeira convocação, com qualquer número de membros filiados a FAM-RN.

ARTIGO V – DO CONSELHO DIRETOR E SUA COMPETÊNCIA:

O Conselho Diretor da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, será composto por três Diretores eleitos, que são respectivamente, um Secretário Geral,  um Diretor Financeiro, e um Diretor Social, que poderão em conjunto indicar ou destituir a qualquer tempo Delegados Regionais a seu exclusivo critério; que auxiliarão na administração da FEDERAÇÃO  e exercerão as funções que lhes forem atribuídas pelos Diretores eleitos.

Parágrafo Primeiro: Caberá ao Secretário Geral representar a Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, ativa e passivamente, em juízo e fora dele; presidir as Assembléias Gerais; subscrever cheques em conjunto com Diretor Financeiro; propor como associado Benemérito e Honorário, pessoa que, em observância aos Estatutos Sociais, julgar merecedora do título.

Parágrafo Segundo: Caberá a qualquer um dos membros do Conselho Diretor substituir o Secretário Geral em seus impedimentos ou ausências, inclusive ativa e passivamente, em juízo e fora dele, subscrever cheques e documentos, coordenar e fiscalizar as atividades das filiais da associação.

Parágrafo Terceiro: Nos documentos, contratos, cheques e quaisquer documentos, que impliquem a assunção de obrigações ou compromissos financeiros em valor superior ao equivalente a 01 (um) salário mínimo, será obrigatória, para validade do ato, a subscrição de dois Diretores, sendo permitido, em caso de impedimento temporário, a outorga de poderes específicos por instrumento de procuração.

Parágrafo Quarto: Por decisão conjunta do Conselho Diretor, poderão ser nomeados e destituídos auxiliares da Diretoria, que receberão a denominação de Delegados Regionais, que representarão a FAM-RN, nas regiões administrativas do Estado, perante autoridades e em atividades sociais de cada região, sem, entretanto, possuir poderes para assumir compromissos ou firmar quaisquer documentos que tragam obrigações para a Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte.

ARTIGO VI – DO CONSELHO FISCAL E SUA COMPETÊNCIA:

O Conselho Fiscal é constituído por quatro representantes, sendo três titulares e um suplente, das associações filiadas e contribuintes, os quais serão eleitos por Assembléia Geral, cujo mandato será de três anos.

Parágrafo Primeiro – Caberá aos membros do Conselho Fiscal:

a)            Verificar as contas apresentadas pela Diretoria e bem como elaborar e apresentar, ás Assembléias Gerais Ordinárias, os respectivos relatórios e pareceres e elaborar orçamentos.

b)           Zelar pelo cumprimento das regras estabelecidas nos presentes Estatutos, denunciando ás Assembléias Gerais, eventuais infrações cometidas pelas Filiadas, seus associados, pelos membros da Diretoria da Federação ou, ainda, por seus  próprios membros, obedecidas as regras do presente Estatuto.

Do Conselho de Ética:

Composição – Será composto pelos membros titulares do Conselho Diretor, e pelos membros do Conselho Fiscal conjuntamente.

Atribuições –   Julgar os casos de: declaração de ma fé, inverídica, difamação e ofensas a um Clube filiado, ou integrantes da Diretoria da FMC, inadimplência e aplicação de penalidades, má conduta e desrespeito a Lei, cópia ou clonagem de desenhos de brasões e nomes de Associações; e atitudes que provoquem a desunião dos motociclistas, e ainda convocar uma Assembléia Extraordinária para auxiliar no julgamento, e ainda demandar juridicamente se necessário.

ARTIGO VII – DOS ASSOCIADOS:

Os associados da Federação das Associações Motociclísticas do RIO GRANDE DO NORTE, são divididos nas seguintes categorias:

            a)        HONORÁRIOS

            b)        BENEMÉRITOS

            c)        CONTRIBUINTES

            d)        COLABORADORES

Parágrafo Primeiro – Serão considerados associados Honorários, as pessoas físicas ou jurídicas a quem este título for conferido, em razão de relevantes serviços ou benfeitorias prestados ou por notórias contribuições à FAM-RN.

Parágrafo Segundo – Serão associados Beneméritos, as pessoas físicas ou jurídicas, a quem este título for conferido, como homenagem especial, ou em atenção aos relevantes serviços prestados à classe dos motociclistas.

Parágrafo Terceiro – Os associados Beneméritos e os Honorários terão os mesmos direitos e deveres dos sócios contribuintes, à exceção do direito de voto e do dever de contribuir pecuniariamente. Assim constará do emblema ou brasão e do diploma a ele conferido o respectivo título.

Parágrafo Quarto – Dependerá de aprovação da Assembléia Geral Extraordinária, a concessão dos títulos de associados beneméritos ou de associados honorários.

Parágrafo Quinto – Serão sócios contribuintes, aqueles que vierem a ter sua admissão aprovada ao quadro associativo pela Diretoria.

Parágrafo Sexto – Serão sócios colaboradores as pessoas físicas ou jurídicas, desde que, as primeiras motociclistas e as segundas empresas ligadas ao motociclismo, que forem admitidas pela Diretoria e que manifestarem a intenção de colaborar com a Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, através de contribuições de quaisquer espécies.

ARTIGO VIII – DA RESPONSABILIDADE DAS ASSOCIADAS E DAS CONDIÇÕES PARA SUA ADMISSÃO:

As associadas de quaisquer categorias não responderão direta, indiretamente ou subsidiariamente pelas obrigações contraídas pela Federação das Associações Motociclísticas Rio Grande do Norte, com exceção dos compromissos e das obrigações contraídas por esta, em que tenha a associada aprovado, em Assembléia Geral, os gastos ou compromissos. Neste caso, a associada será responsável, na respectiva proporção, aos demais membros aprovadores dos referidos gastos.

Parágrafo Primeiro – A admissão ao quadro associativo da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, após decorridos 06 (seis) meses de sua constituição, dependerá de proposta escrita, apoiada por, pelo menos, dois sócios contribuintes, que será encaminhada à Diretoria, que a apreciará e decidirá, no prazo máximo de 30 (trinta) dias, prorrogável por igual período, pelo cumprimento das regras estabelecidas nestes Estatutos, deferindo ou não o ingresso do novo associado. Antes desse prazo, a Diretoria decidirá  autonomamente, a filiação.

Parágrafo Segundo – Ficam excluídos dessa regra os associados beneméritos ou honorários.

Parágrafo Terceiros  –  São condições indispensáveis ao ingresso e permanência no quadro social, na qualidade de Associado Contribuinte:

1) Ser Associação Motociclística ou Pessoa Jurídica, sem fins lucrativos, possuir Ata de Constituição e Estatuto Social registrado em Cartório.

2) Gozar de bom conceito e possuir seus membros boa conduta, respeitando os clubes e brasões alheios não copiando seus desenhos, tanto na forma como no conteúdo do nome, sendo vedado o ingresso e filiação daqueles cujos nomes deponham contra os mais elevados princípios de moral e honra ou que ensejam interpretação jocosa.

3)  Assumir o compromisso de obedecer fielmente a estes estatutos e as decisões dos órgãos administrativos da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte.

Parágrafo Quarto – Os Sócios Contribuintes, estão, a contar de sua admissão, obrigados ao pagamento de contribuições pecuniárias mensais, que a Assembléia vier a determinar, com a finalidade de custeio das despesas administrativas. Nos casos de  inadimplência no pagamento das contribuições pecuniárias por período superior a 90 (noventa) dias, acarretará a eliminação do sócio contribuinte, sendo necessário, para tal caso, a instauração de um procedimento disciplinar, por quaisquer Diretores, no qual será o associado inadimplente convocado a apresentar sua defesa, no prazo de 10 (dez) dias. que será julgado pelo Conselho de Ética

ARTIGO IX – SÃO  DEVERES DOS FILIADOS:

  1. Exigir que seus associados portem-se com inteira disciplina e correção, em trânsito ou não, e especialmente, quando estiver utilizando o brasão ou sinal dístico da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, que for criado.
  2. Manter-se em dia com suas contribuições pecuniárias, para com a Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte;
  3. Cumprir e fazer com que seus associados cumpram fielmente os presentes estatutos e demais decisões dos órgãos administrativos da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte e de suas Assembléias.
  4. Cooperar sempre, direta ou indiretamente, para o engrandecimento da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte e seu bom nome e nas realizações de suas finalidades, especialmente as atividades filantrópicas e assistenciais.
  5. Comunicar a diretoria por escrito sobre eventual impossibilidade de quaisquer de seus membros, exercer cargo ou comissão, a que tenha sido designado;
  6. Fazer com que seus associados tratem com urbanidade, ética e respeito, não só os dirigentes e empregados da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, mas também os demais associados dos Clubes filiados.
  7. Fazer com que seus associados preservem a boa imagem do motociclista ajudando sempre que possível;
  8. Orientar dentro dos bons princípios os iniciantes do motociclismo;
  9. Em hipótese alguma, permitir que seus associados participem de corridas ilegais, arruaças, ou quaisquer atividades que venham contrariar os estatutos sociais, regulamentos, bem como a legislação vigente no pais;

ARTIGO X – DOS DIREITOS DOS SÓCIOS:

São direitos dos associados, desde que pontualmente em dia com suas obrigações perante a Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte:

1) Usufruir das prerrogativas fixadas nestes estatutos e demais decisões de seus órgãos administrativos, podendo perante estas fazer valer seus direitos;

2) Usar e gozar dos serviços, convênios e benefícios que a Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, vier a prestar ou oferecer aos associados;

3) Participar das atividades promovidas pela Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte e utilizar os sinais dísticos ou brasões que vierem a ser criados;

4) Votar e ser votado, respeitadas as restrições constantes nos presentes estatutos;

5) Integrar comissões que venham ser criadas, desde que pela diretoria indicados;

6) Apresentar visitantes.

ARTIGO XI – DAS  PENALIDADES:

Os associados, sem distinção, estão sujeitos ás seguintes penalidades, conforme o caso:

Advertência Escrita – ao associado que infringir quaisquer disposições estatutárias, regulamentares ou ainda qualquer decisão dos órgãos administrativos da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte; proceder ou permitir que quaisquer membros de sua associação proceda de maneira incorreta, antiética, agressiva ou ilegal, quando em uso de seu  brasão ou dístico; permitir que quaisquer membros de sua associação desacate ou desrespeite quaisquer membros da diretoria, ou filiados  da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte

Eliminação – ao associado que tiver prestado, de má fé, declaração inverídica, como proponente de novo associado ou quando for proposto, quando for reincidente no período de 12 (doze) meses a contar da primeira penalidade de advertência escrita.

Parágrafo Primeiro – Os procedimentos relativos a aplicação de penalidades deverão ser iniciados por representação de quaisquer dos diretores da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, ao Conselho de Ética, ao qual caberá, nos termos dos presentes Estatutos, receber as defesas e proferir os julgamentos, ou convocar uma Assembléia Extraordinária para ratificar o julgamento, aplicando-se as penas previstas neste artigo.

Parágrafo Segundo – Uma vez imposta a penalidade, a decisão, obrigatoriamente, será afixada no quadro de avisos da associação, para conhecimento de todos, comunicada por escrito ao associado punido e lançada na sua ficha social.

Parágrafo Terceiro – Os associados eliminados ou desligados dos  quadros associativos da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, obrigam-se a recolher, entre seus associados,  todo e qualquer sinal dístico ou brasão, que indique sua vinculação jurídica, á Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte. Fica autorizado, desde já, que a entidade busque, através das medidas judiciais que entender conveniente, o cumprimento desta cláusula.

Devidamente aprovado na Assembleia de reforma realizada em 15 de março de 2010.

Assinam o presente Estatuto:

______________________________________

FRANCISCO AUGUSTO DE MEDEIROS NETO

Secretário Geral

________________________________

CLÓVIS PROTÁSIO DE LIMA JÚNIOR

Advogado OAB/RN n° 7.057

 B)DIRETORIA

CONSELHO DIRETOR BIÊNIO 2015-2017:

DSC05685

SECRETÁRIO GERAL: AUGUSTO MEDEIROS

DIRETOR FINANCEIRO : PAULO MOREIRA JR

DIRETOR SOCIAL  : CLÓVIS PROTÁSIO (solicitou afastamento)

CONSELHO FISCAL TRIÊNIO 2015-2018:

ROBSON RICARDO JALES

CIRO SABINO DE FONSECA MOURA

ARTUR CESAR DE ALMEIDA HENRIQUES

EDJÂNIO MACIEL DA SILVA

DELEGADOS REGIONAIS:

EDMAR COSTA – PARELHAS E REGIÃO

FRANCISCO ASSIS – MACAU E REGIÃO

FERNANDO MAURO – GUAMARÉ E MATO GRANDE

GRAÇA SANTOS – ASSESSORIA TÉCNICA

IVANILDO SANTIAGO – CEARÁ MIRIM E REGIÃO

JAILSON COSTA – NATAL ZONA NORTE

ÁUREO MACIEL – ASSESSORIA JURÍDICA

CIRO SABINO – MOSSORÓ E REGIÃO

KAIO PABLO – ACARI E REGIÃO

CARLOS ALBERTO – ASSU E REGIÃO

ALISON JOSÉ – CURRAIS NOVOS E REGIÃO

EDJÂNIO MACIO – ASSESSOR DE DISCIPLINA

CHAGAS ARAÚJO – GRANDE NATAL

CARLETON ROSEMOND – GRANDE NATAL

JÂNIO EDNO – ENCONTRO DA PRAÇA PEDRO VELHO

EMAIL: federacaorn.motoclubes@gmail.com   Telefone 99813951 (Augusto)

 

C)MOTOCLUBES FEDERADOS ATÉ 29-11-2013

1-ANJOS DO ASFALTO

2-AVENTUREIROS DO ASFALTO

3-BODES DO ASFALTO – FACÇÃO NATAL

4-CANGACEIROS DO ASFALTO

5-CACTUS MOTOTCLUBE

6-CARCARÁS DO VALE

7-MIGRANTES DO VALE

8-MOTOTRIBO POTIGUAR

9-PIRATAS DO ASFALTO

10-POETAS DO ASFALTO

11-RELÂMPAGOS DO ASFALTO

12-SERRAÇÃO MOTOCLUBE

13-GARGALHEIRAS MOTOCLUBE

14-GUEPARDOS MOTOCLUBE

15-FARAÓS MOTOCLUBE

16-REBEL BIKERS

17-RAPOSAS DO ASFALTO

18-MACAU MOTOCLUBE ASAS DO ASFALTO

19-CACHORROS LOUCOS M.C.

20-TRILHADOS M.C.

21- NATAL MOTO GRUPO

22- TANGARÁ DO ASFALTO M.C.

23 – ASAS SALINEIRAS M.G.

24 – CATRUKEIROS M.C.

25 – ASSOCIAÇÃO DE MOTOCICLISTAS UNIÃO DO VALE

26 – M.C. REIS MAGOS

27 – ASES FORASTEIROS M.C.

28 – GUARDIÕES NEGROS M.C.

29 – AVALCOMÁTICOS LIBERTÁRIOS M.C.

30 – PISTOLEIROS DO ASFALTO M.C.

31 – LIBERDADE DO ASFALTO M.C.

32 – JUSTICEIROS DA ORDEM M.C.

33 – REBELDES POTIGUARES M.C.


D)COMO SE FILIAR

TERMO DE FILIAÇÃO

FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES MOTOCICLISTICAS DO RIO GRANDE DO NORTE

O Motoclube:………………………………………………………………………………………………………., com sede na cidade de :……………………………….. no Estado do Rio Grande do Norte, vem através de seus representantes legais abaixo identificados, solicitar sua FILIAÇÃO a FAM-RN nos Termos do Estatuto Social em vigor e declara que seus integrantes cumprirão suas Cláusulas.

Para documentar esta filiação seguem anexos a este Termo os seguintes documentos:

1– Estatuto Social do Motoclube, registrado em Cartório (cópia)

2– Ata de Fundação ou Eleição da atual Diretoria, registrado em Cartório.(Cópia)

3– Certidão do cartório de registro de estatuto e ata (cópia autenticada)

4– Cadastro Nacional de Pessoas Jurídicas na Receita Federal. o CNPJ.(Cópia )

5– Desenho e Arte do Logotipo do BRASÃO do Motoclube para arquivo da FAM-RN.

6– Endereço Eletrônico (e-mail) e/ou Site na WEB do Motoclube.

7– Relação nominal de seus diretores e integrantes com RG, telefone e endereço eletrônico (E-mail)

O Motoclube…………………………………………………………………………………com…………..integrantes ativos, está de acordo de que as Despesas Administrativas de constituição da FAM-RN serão rateadas na proporção do número de seus membros, e serão prontamente destinadas à Tesouraria da Federação das Associações Motociclísticas do Rio Grande do Norte, assim que solicitadas, sob pena de suspensão desta filiação até que sejam regularizadas todas as pendências financeiras.

Para que produza seus efeitos, nesta data, assinam este Termo os Representantes Legais

Cidade__________________________________em _____/___________________de ________.

Presidente:_____ ______________________________________Assinatura ___________________

Diretor Social:  ________________________________________Assinatura ___________________

Tesoureiro:____________________________________________Assinatura ___________________

Parecer do Conselho Diretor da FAM RN:
________________________________________________________________________________

________________________________________________________________________________.

________________________________________________________________________________.

______________________                ______________________              _____________________.

No caso de dúvidas consultar federacaorn.motoclubes@gmail.com

Enviar os Documentos para:

______________________

______________________

E)POR QUE SE FILIAR

A criação da Federação das Associações Motociclísticas do Estado do Rio Grande do Norte (FAM-RN) somente se concretizou porque vários Motoclubes, através de seus componentes, entenderam que a situação do motociclismo atualmente está caótica, havendo uma necessidade de se tentar “organizar” o setor.

Essa organização somente poderá acontecer quando a maioria dos Motoclubes do Estado forem filiados à FAM-RN e deixarem ela trabalhar no sentido organizacional. Não há outro jeito.

Um Motoclube, para fazer parte da FAM-RN, precisa se legalizar, com Estatuto e Ata registrados, além do  CNPJ. Desta forma, suas cores ficarão protegidas e a irmandade  fortalecida. E, acima de tudo, ser um Motoclube composto de motociclistas conscientes.

A  Diretoria da FAM-RN é composta por pessoas experientes e conhecidas no meio motociclístico e está de braços abertos para  receber novos irmãos e dar qualquer tipo de orientação ao seu Motoclube ou a quem deseje entrar para um Motoclube.

A FAM-RN estará trabalhando, no futuro, com divisões a cargo de seus Diretores, Assessores e Colaboradores nas seguintes linhas de ação:

Orientação: elaboração de estatuto, registro, fundação, condutas, linha filosófica, moralização,etc;
Apoio Jurídico: situações de sinistros, multas indevidas, CNH, etc;
Palestras: situações de comboio, formação de instrutores de direção defensiva, primeiros socorros, mecânica rápida, etc;
Eventos: divulgação, suporte logístico, critérios para agendamento das datas, organização do calendário, eventos anuais, encontros semanais, ações filantrópicas e sociais, e etc;
Movimentos: campanhas pela isenção de pedágios, recapeamento de estradas, lavagem do óleo das praças de pedágio, redução de IPVA, etc;
Busca de parcerias: reboque 24 horas em território nacional, descontos em peças, descontos em compra de motos, descontos em serviços, descontos em acessórios, assistência mecânica, assistência médica, seguros de vida em grupo, assistência funeral, lavagens gratuitas, etc;
Moralização: escudamentos, apadrinhamentos, condutas.

Esta gama de divisões de trabalho acima elencadas permite a todos os motociclistas terem uma visão abrangente daquilo que a FAM-RN poderá proporcionar aos Motoclubes filiados.
Mas, isso só se concretizará com a participação de todos, pois ninguém faz nada sozinho.

Temos um compromisso e contamos, com o apoio dos irmãos que andam em duas ou três rodas, e querem ajudar a promover um motociclismo mais sério e participativo.

Contamos com vocês.


7 respostas para QUEM SOMOS

  1. Bom dia!
    Quero parabenizá-los por mais uma eleição e pela escolha da Diretoria exemplar. Gostaria de saber o que fazer para o nosso evento ter o apoio da FAM-RN, já que também somos filiados, desde o começo. Aguardo retorno.
    Um grande abraço!
    Jodineide Vilar
    Presidente do SerrAção Moto Clube – Martins/RN

  2. NATAL MOTO GRUPO disse:

    O Natal Moto Grupo parabeniza à federação e ao seu mais novo filiado, o Reis Magos.
    Para termos uma federação atuante, forte e representativa precisamos exatamente disso, filiação de novos membros.

  3. Boa Tarde,
    Temos interesse em uma parceria com a federação, gostaríamos que entrassem em contato conosco ou disponibilizassem um número de telefone. Queremos fazer um convenio para descontos em peças e serviços para motos YAMAHA nas 2 lojas da Nossa Moto Yamaha em Natal e Parnamirim.

    Atenciosamente,
    Edson Seggo Araujo
    Nossa Moto Yamaha
    84. 3613.0107
    84.8833.0039
    84.9653.3531

  4. Caro secretario,
    É com imenso prazer que comunico a intenção do MC Camaleões do Asfalto da cidade da FAMde Assú, pretende em breve se filiar A FAM.
    Sds,
    Fernando Mauro – Mg Asas Salineiras e delegado

  5. Pingback: PLANALTO DA BORBOREMA: 2° PASSEIO DA FAM-RN | FAM-RN

  6. elias xavier da rocha disse:

    nós dos barbarus mc estamos ciente da importancia da fam/rn para a organização do motociclismo em natal e rn e pretendemos em breve nos filiar-mos.
    atenciosamente! conan presidente.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s